Zimbra

Posted: March 14, 2009 in Linux
Tags: ,

Instalando o Zimbra

Zimbra é uma ferramenta Groupware e Opensource. Com ele, podemos ter nosso email configurado e acessar ele de qualquer lugar via webmail(ou ferramentas que integram com o Zimbra), podemos adicionar contatos na agenda dessa ferramenta, criar calendários com compromissos e nesses compromissos podemos adicionar outras pessoas que pertencem ao meu grupo, compartilhar documentos e recursos, fazer upload de alguns documentos e mantê-los em pastas pessoais, criar tarefas… enfim, muitas coisas bacanas e que são fundamentais para o dia-a-dia estão juntas no Zimbra.

http://www.zimbra.com/demos/zimbra_tour/

Temos algumas versões de Zimbra diferentes. Embora todos sejam OpenSource, para ativar alguns serviços opcionais, é necessário pagar a licença para o uso de um Zimbra Standard ou Professional. Nestes casos, são versões que podemos ter serviços como integração dos recursos do zimbra no celular, que pode ser desde um Windows mobile até mesmo um IPhone, levando em consideração que existe uma sincronização entre os dados.

http://www.zimbra.com/products/product_editions.html

Na instalação que vou mostrar abaixo, irei usar uma versão totalmente free, sem custo adicional nem nada.
Usei o sistema operacional Red Hat 5. Mas já fiz essa mesma instalação no sistema operacional Ubuntu Server 8.04.

http://www.zimbra.com/community/downloads.html

Antes de começar a instalar, sempre é bacana verificar o nome da sua máquina, se os arquivos com as configurações da rede estão corretos e etc.

Então no Red Hat por exemplo, fiz:
# hostname
mx

Se quiser também, vale a pena conferir se a configuração está correta no hosts:
# cat /etc/hosts
# Do not remove the following line, or various programs
# that require network functionality will fail.
127.0.0.1               localhost.localdomain localhost
::1             localhost6.localdomain6 localhost6
189.x.203.x          mx.dominio.com.br mx
192.168.1.106           mx.dominio.com.br mx

Primeiramente, vamos baixar o pacote do zimbra e enviá-lo para o /usr/local e depois descompactá-lo dentro desse mesmo diretório:

# wget zcs-5.0.11_GA_2695.RHEL5.20081117051306.tgz
# mv zcs-5.0.11_GA_2695.RHEL5.20081117051306.tgz /usr/local
# cd /usr/local
# tar xvzf zcs-5.0.11_GA_2695.RHEL5.20081117051306.tgz
# cd zcs-5.0.11_GA_2695.RHEL5.20081117051306

O comando para instalar o zimbra é:

# ./install

É provável que de imediato, a instalação não seja completada, porque o zimbra precisa de algumas libs e sentirá falta delas. Então, após instalar essas bibliotecas, rodar o comando ./install novamente.

Durante a instalação, será necessário definir quais os pacotes que você quer que sejam instalados. Instale todos os pacotes conforme o zimbra recomenda, portanto o único pacote que não deverá ser instalado é o zimbra-proxy.

Durante a instalação, o zimbra irá pedir o nome do domínio. Defina como dominio.com.br e um pouco mais a frente, ele pedirá para você definir a senha de admin. Então escolha a opção 3 para entrar no menu e em seguida a opção 4. Defina a senha e continue a instalação.

As outras opçõess que o zimbra irá te mostrar, como por exemplo, opções de onde serão gravados os logs e etc, pode aceitar todas essas opções padrõess. Apenas no final, que não pedimos para notificar o zimbra dessa instalação. Quando a instalação terminar, basta apertar qualquer tecla para finalizar tudo e voltar para o prompt.

Para acessar o admin do Zimbra, deve-se ir ao browser e usar o endereço:
http://IP_do_zimbra:7071
login: admin
senha: (definida durante a instalação)

O modo de administrador do zimbra é importante, porque nele você cria domínios, define opções de recebimento e envio de emails entre outras configurações.

Para abrir o zimbra normal, para acessar os emails, acesse pelo browser o endereço:
http://IP_do_zimbra

Observações:


A maioria das alterações relacionadas à configuração do Zimbra, podem ser feitas diretamente no modo administrativo. Mas outras configurações mais avançadas, ou até para quem prefere excecutar os comandos na mão,  devem ser feitas em modo de comando, no diretório /opt/zimbra. Quando você instala o Zimbra ele cria esse diretório dentro do /opt.

Um outro ponto importante, é que na durante a instalação, é adicionado ao sistem um usuário chamado zimbra. Esse usuário não tem senha, portanto, é necessário logar com o root e depois com o usuário zimbra. Somente o usuário Zimbra pode fazer as alterações em vários arquivos de configuração. E alguns comandos fundamentais que podem ser usados com o usuário zimbra são:

zmcontrol

zmlocalconfig

Com o comando zmcontrol você pode verificar como está o seu serviço do Zimbra. Como o próprio comando já fala, você pode controlar o serviço, como parar, iniciar ou simplesmente, analisar o status. Por exemplo:

zmcontrol stop

zmcontrol start

zmcontrol status

Já o comando zmlocalconfig é um comando que pode analisar e alterar várias configurações já existentes em um dos arquivos de configuração fundamentais do Zimbra.

Bom, por enquanto é isso. Nos próximos posts vou explicar como integrar e sincronizar o zimbra com o Iphone ou do Windows Mobile, como configurar o a conta de email e calendário do Zimbra no Thunderbird e como instalar alguns zimlets para deixar o zimbra com mais funcionalidades.

Desfrutem ;-)

About these ads

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s